Kaori e o Samurai Sem Braço – Giulia Moon

 kaori-capaConheço o trabalho de Giulia Moon como contista há bastante tempo (e tive até mesmo o privilégio de dividir com ela as páginas de uma antologia) e lá em 2010 adquiri seu primeiro romance, Kaori – Perfume de Vampira. Só que não comprei o livro numa data propícia: apesar de tê-lo encontrado na livraria da rodoviária de São Paulo durante uma viagem, em posição de destaque, aquela foi uma época em que estava lendo muito material sobre vampiros. Meio saturada, pensei: “vou guardar o livro, leio quando desenjoar, senão minha apreciação vai ficar muito comprometida”.

 Só que aí vocês sabem como é, né 😛 Livros vêm, promoções vão, e a pilha de leitura vai crescendo 😛 Até que em 2012 a autora lançou o romance Kaori e o Samurai Sem Braço. Achei a temática interessante (mitologia japonesa é um tema que me atrai), vi que além de tudo o livro era ilustrado – já disse mais de uma vez que adoro livros ilustrados – e o que é melhor: soube que era um spin-off que não dependia da leitura do primeiro livro. Pensei: por que não?

 E é bem isso: um livro aventuresco, com tom de fábula, passado no Japão antigo e que segue o dia a dia de Kaori, vampira arredia e que não se aproxima das pessoas fora das horas de alimentação, que por uma dívida precisa aliar-se ao samurai do título, um caçador de demônios que quer ter sua vingança pessoal.

 A trama é simples assim e funciona muito bem: enquanto partem para sua missão, ambos se conhecem melhor (e também o público) (e não tou falando do sentido bíblico, seus pervertidos) e saem modificados dessa convivência. Além dos dois, temos a alegre kitsune Omitsu (como seria um livro de folclore japonês sem kitsunes?) e um power trio que segue para a resolução de seus problemas. Claro que Kaori é a protagonista, mas aqui ela está em outro papel: através de seus olhos vemos outra história, a do samurai Kitarô, que tem um dilema próprio para resolver e que acaba dividindo com ela a luz principal do palco.

 E, claro, muitos monstros e criaturas fantásticas estão pelo seu caminho antes do inevitável confronto final. O livro é de tiro curto, desses de se ler rapidamente, e tem um delicioso tom de fábula, de história contada antes de dormir – te dá a sensação de ser transportado para outra época e outro lugar. As ilustrações também são belíssimas, mostrando um outro talento da autora.

Também foi uma boa adição de contextualização as notas de rodapé explicativas sobre termos e expressões japonesas inevitáveis – que não são jogadas a esmo, mas tem razão de ser e ajudam ainda mais nessa viagem para um universo fantástico.

E se é para sentir falta de alguma coisa, apesar de ter achado o livro com um ritmo bom (e se não sou mais falante é porque também não é meu papel recontar a história), poderia ter havido mais interlúdios com outras criaturas sobrenaturais, quem sabe até algumas bondosas que estão no mundo dos humanos mas não para lhes fazer necessariamente mal.

 Enfim, foi um prazer ter a companhia dos personagens e é bom saber que há outras histórias logo ali na estante esperando para serem lidas. Agora a história principal da protagonista, quem ela é e quais são suas questões.

***

Até a próxima!

Anúncios

4 Responses to Kaori e o Samurai Sem Braço – Giulia Moon

  1. Bruno says:

    Acho que em algum momento futuro esse aí pode desaparecer da tua estante… 😛

  2. Preciso ler esse livro, tanto por gostar dos contos da autora como por ter ficado convencido pela resenha. É bom viajar por outras terras e culturas que não sejam imaginárias, apenas fantásticas. Procurando djá.

  3. Pingback: Territórios Invisíveis – Nikellen Witter | Leitura Escrita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: