A Dança dos Dragões – George R. R. Martin -Tradução, lançamento e crítica

OBS: Se você quer resenha, os links são esse: sem spoilers e esse: com spoilers.

Bom, não queria voltar nesse assunto. Como todo mundo que lê o blog, ou folheou o livro, ou passou pela internet ouviu falar, tivemos problemas com a tradução do primeiro livro da série, A Guerra dos Tronos. Na época, a tradução portuguesa foi utilizada, sem maiores modificações, para a edição brasileira, dando ao texto um peso que ele não tem (pois, apesar da unificação, o português-pt coloquial se parece muito com nosso formal e vice-versa, dando ao texto original um teor que ele não tem). A tradução per se (nomes, lugares, adaptações) está excelente e nada tenho a dizer quanto a isso, mas tudo contra a postura da empresa que por conta de economia (do tradutor?), de má-vontade ou de uma tentativa de otimizar lucros que não passou batida oferece um texto ao leitor que não é o mais adequado.

Ouvi todos os tipos de comentário quando levantei essa questão, do apoio irrestrito a gente falando que era tempestade em copo d’água e frescura. Não vejo defender meu direito a ter um produto de qualidade dessa forma, mas continuemos.

Nos três livros seguintes, foi também utilizada a tradução portuguesa, mas a adaptação foi mais cuidadosa na tentativa de eliminar ruídos. Tudo bem, pensei, problema resolvido e morreu o assunto. No quinto livro, a tradutora mudou, sendo escolhida a mesma que traduziu A Morte da Luz para pt-br. Estranhei essa mudança de rumos nessa altura do campeonato, mas enfim, algo que deveria ter sido feito lá atrás foi feito agora. Também pensei que fosse morrer o assunto.

Só que daí… surge outro problema. De acordo com o site Game of Thrones BR (e uma discussão bem aprofundada pode ser acompanhada aqui), há um capítulo faltando na edição, o de número 26 simplesmente desapareceu. Falta de cuidado com o material vendido – que é o carro-chefe da editora? Imagina. Falta de controle de qualidade? Também, imagina. E lá vamos nós de novo: onde está o respeito ao consumidor, isso mesmo, aquele sujeito que vai lá e coloca seu dinheirinho suado num livro e espera receber um bom produto? Ou ao menos a história inteira? Se no post anterior eu tinha me referido à LeYa como lambona, me refiro de novo: o nome disso é lambança, é a editora não estar nem aí com o material que vai pra gráfica e depois para a loja. Parece algo do tipo: “ah, faltou um capítulo? Os fãs enfeitiçados nem vão notar, hehehe”, já que se um lote inteiro veio com defeito a solução fosse imprimir de novo.

Houve registros aqui no blog de lotes dos outros livros sem páginas e sem capítulos, mas esse parece ser o caso mais grave.

O que fazer agora? Se você comprou o livro, reclamar. Seja no site da LeYa, seja no Procon, seja recorrendo aos seus direitos como consumidor da maneira que for – quem sabe assim a empresa aja com mais cuidado da próxima vez.

E é isso, espero que o problema seja resolvido e todos possam apreciar o livro inteiro dentro de breve.

***

EDIT IMPORTANTE: A Editora LeYa reconheceu o problema e anunciou o recall. Então quem comprou o livro defeituoso confira e reclame para trocar pelo exemplar sem defeitos!

***

Até a próxima!

A Lista Negra – Jennifer Brown

Não sei se o pessoal mais novo que frequenta o blog se lembra do impacto do massacre de Columbine, ocorrido nos EUA em abril de 1999. Dois amigos armados até os dentes abriram fogo contra os colegas de turma em seu colégio, matando vários deles e ferindo outros tantos, para por fim se suicidarem. Foi uma situação terrível e a pergunta subsequente e inevitável: por quê?

Alguns poucos anos depois e experiências traumáticas no colegial, um belo dia percebi que sabia, lá no fundinho da minha consciência, exatamente o porquê deles terem tomado tal atitude. O ódio que o oprimido na ambiente escolar sente, como sua resistência vai sendo minada pouco a pouco, como a rejeição e a depressão andam de mãos dadas. E mais: como os adultos se omitem, em qualquer caso, como aquele que deveria tomar uma providência não a toma. Se você é mais pirado/influenciável, em uma época difícil e numa cultura armamentista (ver o maravilhoso documentário Tiros em Columbine, por Michael Moore, para maiores detalhes sobre isso)

Leia mais deste post

Game of Thrones – A Segunda Temporada

Assim terminamos a segunda temporada de Game of Thrones (buáááá, tou com saudades já, quando começa a terceira?). Na minha opinião, esta foi muito mais intensa do que a primeira: produção com mais recursos (mas ainda fazendo milagre com pouco), efeitos especiais de primeiríssima, atuações afiadas (ou ao menos a grande maioria delas) e um ponto polêmico mas que para mim funcionou muito bem: surpreender aqueles que já leram o livro com situações diferentes e inusitadas.

Tem uma série de questões e discussões sobre o seriado que seguem depois do intervalo, vamos lá!

Leia mais deste post

A Sombra no Sol – Eric Novello

A resenha deste livro tem de começar por alguns dados objetivos bem interessantes: ele faz parte de um projeto multimídia bem interessante, no qual o e-book foi lançado antes do livro de papel e cuja pré-venda dava direito ao e-book exclusivo Dias Nublados (não, não tenho, chuif! Tenho de editar a resenha depois…). Infelizmente, não tenho e-reader e além de tudo detesto ler no computador (hábito que pelo visto precisarei rever nos próximos anos), então só pude ler a edição de papel lançada algum tempo depois. Mas vale a iniciativa, até porque, como disse, o meio eletrônico cada dia mais deixa de ser promessa e vira realidade, que deve envolver todos os sujeitos do processo de leitura: o autor, o editor, a editora, o leitor. Esses primeiros experimentos mostram o novo caminho a ser seguido – e é bom que se repliquem cada vez mais, até para teimosos tradicionalistas como eu se dobrem às novidades 😦

O autor, Eric Novello, velho conhecido aqui do blog (e sou fã mesmo!), parecia a pessoa ideal para encampar o projeto: além da qualidade de seu texto, é alguém que gosta de testar aquilo que a tecnologia, multimídia e transmídia tem de especial para oferecer à experiência de leitura. Também bem legal a editora Draco levar o projeto adiante, um salto para frente bem legal.

Leia mais deste post

Fluxograma – Qual vai ser sua próxima leitura?

O último fluxograma que publiquei aqui no blog fez um sucesso danado, né? Pois é, agora encontrei outro um pouco menos específico (achei no 9gag, mas com certeza saiu originalmente em outro lugar).

Novamente, o gráfico foi pensado para o leitor norte-americano (depois faço uma versão nacional dele, com obras coloniais e pós-coloniais, por exemplo), mas tem várias opções de clássicos e contemporâneos para quem está indeciso com o que ler:

E então? Achou uma boa sugestão para seu próximo livro?

***

Até a próxima!

Apaixonados – Lauren Kate

Tudo bem, vai. Às vezes você vai ler uma série (ou melhor, lê o primeiro livro, acha horrível, lê o segundo por curiosidade e descobre que apegou) que sabe nem ter uma qualidade tão grande assim, mas tem elementos divertidos. Soube que este livro ia sair pouco depois de ter lido Paixão e gostei da proposta: histórias fechadas envolvendo o que a saga tem de melhor, os secundários (esquecidos no último volume da cronologia). Quando soube que o lançamento no Brasil estava próximo, pensei cá com meus botões: “ah, vou ler, né? Li até agora mesmo…”.

Este livro não faz parte da saga original, trata-se de um spin-off (ou seja, uma história extra no mesmo universo mas que não se mistura com a trama original), ocorrido entre os eventos de Paixão e que envolve histórias isoladas dos excelentes secundários deixados de lado no último livro. Como na história anterior, todos estão viajando pelo tempo em busca de respostas sobre a maldição que impede Luce e Daniel de ficarem juntos, mas nada os impede de darem uma pequena pausa e comemorarem o Dia dos Namorados.

Leia mais deste post

Game of Thrones – Episódio 20: Valar Morghulis (HBO)

Se o episódio passado foi eletrizante, muito foi prometido para o último episódio da temporada (ou season finale como se diz no jargão). Se toda a batalha da semana passada foi incrível, o que esperar do fechamento da temporada? Várias perguntas continuavam sem resposta: Dany recuperará seus dragões? Bran conseguirá escapar? Theon Greyjoy ficará impune? Tyrion está vivo? Tudo isso e muito mais no resto do post…

Leia mais deste post