Retrospectiva 2011

Hoje é o último dia do ano, está na hora de fazer um balanço de tudo o que se passou em 2011 em uma tradicional respectiva! =D Só que, devido ao trabalhão que a Retrospectiva 2010 me custou e pela pouca repercussão, esse ano resolvi fazer um pouquinho diferente e brincar de Rob Fleming. Que tal fazer um balanço das coisas que rolaram aqui no blog esse ano?

Leia mais deste post

Anúncios

Resultado Concurso Hydra

Para quem achava que 2011 já tinha acabado, por que não uma boa notícia ainda esse ano?

Concurso Hydra anuncia os três finalistas

É com muito prazer que anunciamos os três contos finalistas do Concurso Hydra:

·  “(História com desenho e diálogo)” por Brontops Baruq, publicado na revista Portal Fundação do Projeto Portal
·  “Eu, a Sogra” por Giulia Moon, publicado na antologia Imaginários, vol. 1 da Editora Draco
·  “Por um Fio” de Flávio Medeiros Junior, publicado na antologia Steampunk da Tarja Editorial

Ana Carolina Silveira, juíza do concurso escreve: “’Por Um Fio’ é uma mistura de estilos e temáticas: steampunk, ficção alternativa e história alternativa. É a história de uma batalha naval cujos participantes são velhos conhecidos dos amantes de livros, no meio de uma guerra mundial vitoriana. O clima de aventura e perseguição está presente do início ao fim, culminando em um final surpreendente e eletrizante”.

“No conto ‘(História com desenho e diálogo)’, o autor conseguiu criar uma história simples, porém, muito bem elaborada, ao intercalar a narrativa com descrições dos desenhos, ilustrando a já fluente imaginação do leitor”, comenta Tiago Castro. “O conto foi um dos meus preferidos, tanto pela construção da história, quanto pelo formato apresentado.”

“‘Eu, a Sogra’ é excepcional,” diz Christopher Kastensmidt. “O texto é ‘afiado’, e capta a atenção do leitor da primeira até a última página com seu ritmo rápido e seus personagens bem-desenvolvidos. O conto utiliza o sobrenatural para examinar problemas cotidianos, e de forma muito bem-humorada. Eu ri várias vezes lendo este conto maravilhoso.”

Mais de cem contos foram inscritos, todos previamente publicados.  Publicações anteriores incluíram antologias impressas, revistas impressas, revistas eletrônicas, coletâneas impressas, blogs coletivos, blogs pessoais, fóruns abertos e outros websites.  Alguns contos foram publicados pela participação anterior em concursos públicos e privados.  Quase metade dos contos veio de antologias impressas e as editoras com mais contos submetidos pelos autores foram a Tarja Editorial e a Editora Draco, sendo que as duas tiveram publicações entre os finalistas.

Mesmo com tantos contos inscritos, os juízes conseguiram chegar a um consenso sobre os três melhores.
O vencedor do concurso, a ser anunciado em breve, será escolhido dentre os três finalistas pelo autor premiado Orson Scott Card.  Este conto receberá tradução para o inglês e publicação paga na revista Orson Scott Card’s Intergalactic Medicine Show.

O Concurso Hydra é organizado em uma parceira entre A Bandeira do Elefante e da Arara e Orson Scott Card’s Intergalactic Medicine Show, com participação especial dos sites Leitura Escrita e Universo Insônia.

Parabéns a todos os participantes! 🙂

Quando o conto escolhido para ser publicado for divulgado, voltaremos com mais notícias 🙂

 

A Arte de Amar – Ovídio

Se há uma coisa em comum entre os dias atuais e os das pessoas de dois mil anos atrás (aliás, desde quando a primeira bactéria resolveu que reprodução sexuada era mais divertida do que reprodução assexuada) é a dificuldade para se conseguir um@ namorad@. Ciente da dificuldade dos jovens romanos, o poeta Ovídio resolveu escrever um guia ensinando-os a encontrar uma boa companhia.

Sim, isso mesmo! Uma das coisas que acho mais legais em ler textos antigos é perceber sua dose de atualidade. As pessoas de antigamente podem parecer épicas ou bárbaras, mas somos exatamente iguais a elas. A alma humana é a mesma: queremos conforto, temos dúvidas existenciais, preocupamo-nos com as pessoas próximas, refletimos sobre a vida e nos questionamos sobre o que vem depois. E, claro, nos preocupamos em saber com quem poderemos passar momentos românticos e agradáveis.

Leia mais deste post

Adorável Noite – Adriano Siqueira

Vamos começar hoje pelo óbvio: ao contrário do que a ultraexposição pode fazer crer, os vampiros não começaram com Crepúsculo. Pelo contrário: os vampiros são criaturas sobrenaturais que permeiam nosso imaginário de forma perene, algumas vezes em alta e outras em baixa, em todas as mídias, e possuem inclusive fãs fiéis e apaixonados.

Um desses fãs é Adriano Siqueira, que há décadas coleciona histórias, revistas, livros, filmes e todos os tipos de objetos relacionados a nossos morcegos prediletos. Inclusive, quando a internet brasileira começou a caminhar, fundou o site Adorável Noite, a maior referência vampírica brasileira, com novidades, informações e muitos contos.

Leia mais deste post

Aniversário do blog – 3 anos de Leitura Escrita!

Hoje (12 de dezembro) é aniversário do blog! Três anos de resenhas, textos, reclamações, polêmicas e muitas coisas boas. Faz exatamente três anos que a primeira resenha foi ao ar e fazer o blog, apesar de desgastante e sem conseguir a frequência de atualizações que eu gostaria está sendo uma experiência bem gratificante.

Agora é terminar de dar aquela arrumada na casa para a festa e nos prepararmos para o terceiro ano de blog! Hora também de agradecer aos parceiros, sites amigos, colaboradores, autores que gostam do blog e principalmente a vocês, leitores! Espero estarmos juntos por mais alguns bons anos!

Agora, sobre o blog: o que acham de termos mais textos opinativos além de resenhas? Sobre livros, literatura, leitura e qualquer outra coisa que permeie essa temática? Gostariam de mais resenhas de filmes, quadrinhos e seriados? Essa é a hora de me ajudarem a planejar o próximo ano!

O que mais querem ver por aqui que está ao meu alcance prover? =D

Até a próxima! Agora vou ali me encher de bolo!

Desafio Literário 2012

Conheci o Desafio Literário através de blogs amigos e achei a proposta interessante de cara: ler um mínimo de 12 livros em um ano, observando os temas pré-definidos para cada mês. Resolvi topar o desafio, até mesmo porque seria ótimo usar como desculpa para ler livros que já me interessavam faz tempo mas que nunca entravam na minha lista de leitura.

Coloquei então duas regras extras para meu desafio: dar prioridade a livros que já tenho e não foram lidos e entre os que não tenho, dar prioridade a pocket books ou livros mais baratos mesmo fora de promoção. Temos então a seguinte lista, de acordo com os temas propostos. Os livros escolhidos são o primeiro de cada mês, sendo os outros dois opções para o caso de eu não consegui-los:

Leia mais deste post