Lançamento: Duplo Fantasia Heróica: O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara/A Travessia – Christopher Kastensmidt/ Roberto de Sousa Causo

Esse release é um pouco especial, porque é de um projeto que acompanho com carinho (o The Elephant and Macaw Banner) e que terá seu primeiro livro lançado agora em português! E anunciar um livro que você queria ler faz tempo sempre dá um sorrisinho nos lábios, não?

***

A fantasia é o gênero literário que mais tem crescido no Brasil, nos últimos dez anos. Agora em um mesmo livro, duas novelas repletas de aventura e seres fabulosos. Duas novelas que, como os antigos bandeirantes, rompem o Tratado de Tordesilhas da literatura brasileira e abrem nosso território e cultura para a fantasia do tipo espada e feitiçaria — engendrada por escritores como Robert E. Howard (criador de Conan) e Fritz Leiber (criador da dupla Fafhrd e Gatuno) —, que combina aventura e o encontro com criaturas sobrenaturais e fantásticas.

As Histórias

O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara, de Christopher Kastensmidt. Van Oost, um aventureiro e viajante holandês, e Oludara, um guerreiro ioruba tomado como escravo, encontram-se em Salvador durante o Brasil Colônia, dispostos a, com muita astúcia e coragem, formar uma dupla de heróis como nunca se viu.

“Gostei de ‘O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara’, de Christopher Kastensmidt. Esta é uma espécie de história de origem, e por isso vemos cada herói realizar um feito de heroísmo (e esperteza), preparando as próximas aventuras da dupla.”—Rich Horton, Locus Magazine

A Travessia, de Roberto de Sousa Causo. Em um Brasil pré-colombiano, o índio Tajarê e sua mulher, a sacerdotisa viking Sjala, tentam voltar para casa, fugindo da ira das amazonas, mas antes precisam chegar à outra margem do Grande Rio — enquanto a floresta é tomada por criaturas monstruosas.

“Com seu estilo rico e seguro, Causo vai tecendo uma epopéia admirável, plena de detalhes e com vocabulário extenso.” —Miguel Carqueija, Scarium Online

Os Autores

Christopher Kastensmidt nasceu nos Estados Unidos, mas vive no Brasil há mais de dez anos, residindo hoje na cidade de Porto Alegre. Ainda adolescente, teve várias ocupações, antes de cursar a Rice University, em Houston, Texas. No Brasil, foi sócio da empresa Southlogic Studios, que mais tarde foi vendida para a Ubisoft Brazil, uma firma de videogames junto à qual Kastensmidt se tornou diretor criativo. Sua estréia literária se deu com a história “Daddy’s Little Boy”, publicada na revista Deep Magic nº 41, de outubro de 2005. Também já publicou na Dinamarca, Escócia, Grécia, Polônia e República Checa.

“O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara”, a primeira aventura da sua dupla de heróis apareceu na revista americana Realms of Fantasy (uma das mais importantes do gênero) de abril de 2010, como “The Fortuitous Meeting of Gerard van Oost and Oludara”. Kastensmidt chama a sua série de “A Bandeira do Elefante e da Arara”, ou “The Elephand and Macaw Banner”. A segunda história da serie tem o título de “The Parlous Battle of Gerard and Oludara against the Capelobo” e ainda está inédita.

Roberto de Sousa Causo é autor dos romances A Corrida do Rinoceronte (2006) e Anjo de Dor (2009), ambos pela Devir, e da novela Selva Brasil (2010). É também organizador das antologias Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica (2008) e Rumo à Fantasia (2009), entre outras. As primeiras aventuras de Tajarê foram publicadas na revista Dragão Brasil. Sobre a Saga de Tajarê, a revista CartaCapital disse: “Guardiões da Terra-Média e Guerreiros da Ciméria que se cuidem. Chegou um poderoso rival.”

Sobre o selo Asas do Vento: A Devir entra no mercado dos livros de bolso com uma linha de livros de fantasia, horror, ficção científica e aventura, publicando em combinações surpreendentes, o melhor dos autores nacionais e estrangeiros. Uma parte importante do trabalho de edição é encontrar um formato para se publicar textos ou histórias que o editor acredita ser relevante e merecedor de publicação.

A literatura fantástica está repleta de histórias curtas de grande qualidade que não encontrávamos uma maneira adequada de publicar. A coleção Asas do Vento vem justamente preencher essa lacuna. Ela é uma série de livros de bolso de acabamento primoroso, que visa publicar histórias mais curtas (contos, novelas, noveletas) que se destacam mas que normalmente acabam esquecidas por não terem tamanho suficiente para ocupar um livro de tamanho normal ou encontram espaço apenas em revistas ou antologias.

Com alta portabilidade, ao contrário da maioria das edições de bolso no Brasil, os livros da Asas do Vento realmente cabem no bolso (e nas bolsas). Com capa semi-rígida, também possuem maior durabilidade. Livros para desfrutar e colecionar.

Os livros da Asas do Vento estarão disponíveis em livrarias e bancas selecionadas.

Informações técnicas:

Título: Duplo Fantasia Heroica: O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara/A Travessia
Autores: Christopher Kastensmidt/Roberto de Sousa Causo
Capa: Jonathan “Jay” Beard
Número de páginas: 128
Formato: 9 x 15 cm
Editora: Devir Livraria, selo Asas do Vento
ISBN: 978-85-7532-454-7
Preço: R$ 15,90

***

Até a próxima!

Anúncios

5 Responses to Lançamento: Duplo Fantasia Heróica: O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara/A Travessia – Christopher Kastensmidt/ Roberto de Sousa Causo

  1. LidianyCS says:

    Ana me surpreendi tanto com esse post vc nem acredita!
    Se eu te contar que sempre fui fã de histórias envolvendo índios e que sempre sonhei em escrever uma fantasia sobre isso vc acredita?

    Sempre maquinei aqui que caso escrevesse um livro a história seria em torno disso.
    Ainda me lembro do quanto gostava dessa parte de estudar história e de quantas vezes eu li O Guarani o.O

    E AGORA VC ME DIZ QUE ALGUÉM JÁ TEVE ESSA IDÉIA?
    vou ali chorar no cantinho! o.O
    Tomara eu ainda consiga pensar na minha história um dia ehehehe

    Vem cá vc já leu o livro? É BOM?
    eu gostei do preço e por ser de bolso! Quero ele! =D

    • Ana Carolina Silveira says:

      Ahahahahahahahhahahaha dá vontade de morreeeeeeeeeeeeer quando isso acontece, né?

      E não li nenhum dos dois, mas como a curiosidade é muita, o preço é pouco e Devir é relativamente fácil de encontrar…

  2. matheus says:

    eu me encaixo no mesmo caso da LidianyCS.

    q raiva… ¬¬

    so nao gostei do livro ser escrito por um americano..
    tomara q nao façam com o foclore brasileiro o q fizeram com o eslavo (vampiros), aí eu morro.

    • Ana Carolina Silveira says:

      Interessante vc pensar assim, sabe? É um pensamento meio comum, mas coleciono para estatísticas de consumo próprio ^^

      E pode ficar tranquilo, acho improvável que apareçam mulas-sem-cabeça purpurinadas nos próximos anos 😛 E o vampiro não é um mito exclusivamente eslavo, é um mitema, a figura do vampiro existe de alguma forma em quase todas as mitologias.

  3. Então, meninas… uma boa oportunidade para vocês conhecerem “Cira e o Velho” que, inclusive, já foi resenhado neste blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: